GOOGLE I/O 2017: O QUE PODEMOS ESPERAR
A conferência anual para desenvolvedores da Google já tem data marcada em 2017. No ano passado vimos muitos anúncios voltados para as áreas de AI (inteligência artificial) e este ano não será diferente. Atualização: a Google liberou os tópicos de discussão desta edição do IO e, com base neles, criamos uma lista daquilo que podemos esperar ver durante o Google I/O 2017.

Como a Inteligência Artificial fará (ou já faz) parte do seu smartphone
Android Nougat: quais dispositivos receberão a atualização?
Destacar mudanças recentes SIM NÃO

Google I/O 2017: data, local e programação
A conferência de desenvolvedores da Google acontecerá entre os dias 17 e 19 de maio, no Shoreline Amphitheatre, em Mountain View, na Califórnia. No ano passado, o Google I/O ocorreu nos dias 18, 19 e 20 de maio, no mesmo local.

A página oficial do Google I/O 2017 possui uma contagem regressiva do tempo que ainda falta para o evento ocorrer e agora traz um cronograma completo do que podemos esperar ver nestes dias.

google io16
O que podemos ver no Google I/O 2017? / © Google
Google I/O 2017: o que esperar
Em 2017, a Google apostou em tecnologias como Realidade Aumentada, Realidade Virtual e Inteligência Artificial. Vimos o anúncio do Google Assistente, que desde então vem interferindo inclusive no desenvolvimento do Android. Abaixo, você confere alguns dos tópicos que espero ver no palco da apresentação principal do evento, com base nas palestras programadas para o IO 2017:

Android O
Google Assistente
Google Home
Internet das coisas (IoT)
Firebase
Web
Realidade virtual (VR)
Google I/O 2017: Android O
A versão alpha do Android O foi anunciada oficialmente no dia 21 de março, e está disponível especialmente para desenvolvedores e usuários com interesse em testar as novidades. Em maio, muito provavelmente, veremos novidades no que tocam às funções mais importantes do novo SO.

Tudo o que você precisa saber sobre a versão do Android O para desenvolvedores
Teremos com certeza a apresentação das APIs mais importantes da plataforma, bem como um melhor entendimento sobre os benefícios destas para nós, usuários.


Olhando para o cronograma de debates, teremos ênfase nas novas animações com base na física. Nossa equipe acredita que teremos uma nova biblioteca de animações para aplicativos e que pode brincar com a gravidade e o movimento. Também esperamos ver tópicos como ExoPlayer e Google Play com o objetivo de otimizar a reprodução de música e de streaming.

Android O Hero
Podemos esperar por mais informações sobre o Android O / © AndroidPIT
Google I/O 2017: Google Assistente
Em março, a Google realizou um grande evento em São Paulo, no qual ficamos sabendo que o Google Assistente terá suporte para português. Infelizmente, não foi informado quando isso irá acontecer, mas o palco da Google I/O me parece o lugar perfeito para este anúncio. Não apenas para o suporte ao nosso idioma, mas também demais línguas como Francês, Espanhol e Italiano, por exemplo.

Google anuncia Assistente em português e muito mais!
Lembrando que o Google Allo, aplicativo de mensagens instantâneas da Google, pode ser usado em português. Logo, esperamos ver mais investimento da gigante das buscas no mercado nacional em 2017. O Google I/O servirá de termômetro para isso.

google for brazil android
O Assistente estará disponível em Português em breve: Google I/O? / © AndroidPIT
Google I/O 2017: Google Home 2.0
O Google Home foi anunciado no I/O do ano passado e ainda não chegou em regiões fora dos EUA. Este é um dispositivo parecido com o Amazon Echo, e está sempre ouvindo e respondendo aos comandos de voz dos usuários (“Ok, Google"). Além de oferecer informações como o clima ou mesmo dúvidas mais complexas, o Assistente do Google, através do Google Home, pode inclusive desligar as luzes da sua casa.

Você sabe qual é a diferença entre AR e VR?
Em 2017, espero ver o Google Home entre as novidades no campo de Inteligência Artificial. Com certeza a Google vai demonstrar o desenvolvimento da plataforma nesta área (Google Home 2.0) e, quem sabe, anunciar a disponibilidade do aparelho em mais países.


Google i o Home 00
O Google Home pode trazer novidades no campo de Inteligência Artificial / © Google
Internet das coisas (IoT)
A Internet das Coisas está cada vez mais presente em nossas vidas e sendo uma protagonista nessa área, a Google não vai perder a oportunidade de oferecer um serviço melhorado. É claro que a gigante das buscas já tem um ecossistema em IoT que inclui Android TV, Google Assistente, Google Home, Android Wear, Android Auto e Google Cloud. pode até não parecer muito, mas todas essas tecnologias podem trabalhar em conjunto.

Este ano podemos esperar por uma nova tecnologia: Android Things, a qual pretende controlar pequenos dispositivos, mas muito poderosos (como Rapsberry Pi), que podem controlar desde o aquecimento doméstico à linha de montagem em uma fábrica.

AndroidPIT retro console 3124
Raspi com Android / © AndroidPIT
Firebase
Firebase é uma plataforma abrangente que permite desenvolver, monitorar e manter uma boa experiência com os aplicativos. É algo como o Microsoft Azure. Assim, o Firebase oferece diversos serviços para facilitar o desenvolvimento de aplicações no lado do servidor. Com integração a várias plataformas como Angular, Java Script, Node.js, Android e IOS, o Firebaseajuda desenvolvedores a focar no desenvolvimento frontend mobile e web

Este ano, o Firebase tem um papel importante no Google I/O. Ele irá discutir entre outras coisas, como melhorar os negócios ou como tornar um aplicativo mais atraente usando o Google Cloud, e como oferecer um app para centenas de milhares de usuários.

Web
Na lista de palestras, temos muitos eventos para a área de Web, tais como o futuro de áudio e vídeo ou como tornar a web mais rápida com novos algoritmos. Antecedendo o tema, em março, o Guetzli (biscoito em suíço-alemão).

O Guetzli é um novo algoritmo de código aberto que cria imagens JPEG de alta qualidade com arquivos 35% menores do que os métodos atuais, permitindo que webmasters possa criar páginas que carregam mais rápido usando menos dados.

Realidade virtual (VR)
Um ano atrás, tivemos o anúncio do Google Daydream e desde então seu evolução no mercado vem sendo bastante tímida. Isso pode estar ocorrendo por causa das altas exigências de hardware que a nova plataforma de realidade virtual da Google possui.

Leia o artigo completo no blog Android Pit
Link de referência